Home » Personal Organizer » O que faz e não faz um Personal Organizer?
Personal Organizer

O que faz e não faz um Personal Organizer?

Olá pessoal, no artigo de hoje vamos falar um pouco sobre o que faz e não faz um Personal Organizer para você estar ciente caso pense em contratar algum ou somente para você saber mesmo. Informação nunca é demais, não é mesmo?

Bom, para começar, você precisa entender um pouco o que é o conceito de Personal Organizer ou simplesmente organizador profissional. Ele é um profissional especializado em organização pessoal, comportamental e residencial. Ele vai te auxiliar e te ensinar métodos de organização para otimização do tempo, e te ensinar a manter a organização.

Neste artigo explico com mais detalhes: O que faz exatamente um Personal Organizer?. Neste post eu falei um pouco sobre o que é um personal organizer e o que ele faz exatamente, pois como é uma profissão relativamente nova aqui no Brasil, muita gente ainda tem dúvidas.

Porém neste artigo aqui que vos lê eu vou além, e não só vou explicar o que faz um personal organizer como também o que não faz.

Vamos parar de blá blá blá e ir direto ao assunto do post que é o que faz e não faz um Personal Organizer. Confira...

O que faz e não faz um Personal Organizer?

o-que-faz-e-não-faz-um-Personal-Organizer

O que faz um Personal Organizer

Este profissional vai te ajudar a organizar a sua casa, sua rotina, seu closet ou guarda-roupa, o quartinho da bagunça ou qualquer outro ambiente que você precise de organização. Veja o que mais ele pode fazer por você ao contrata-lo:

  • Fazem uma triagem ou visita técnica. O organizador profissional faz uma visita a sua casa, fazendo uma avaliação do cômodo, closet ou ambiente a ser organizado. Analisa o seu perfil e através de perguntas específicas passa a conhecer suas necessidade para saber a melhor forma de te ajudar.
  • Triagem de desapego. Te ajuda a separar os itens em 3 categorias, geralmente com o auxílio de 3 caixas, separando o que pode ser doado, o que precisa ser jogado fora e o que você gostaria de manter.
  • Treinamento da empregada, secretaria ou babá. Faz um treinamento com essas profissionais ensinando métodos e técnicas para que elas mantenham e continuem o processo de organização.
  • Manutenção no sistema de organização implantado. Você já contratou o serviço e ele já foi finalizado, após isso o personal organizer pode fazer algumas visitas de tempos em tempos para ver como você esta se saindo no método de organização implantado. Esta visita pode ser mensal, trimestral ou semestral, de acordo com o pacote fechado com o profissional de organização.
  • Organização de mudanças. Alguns profissionais da área de organização também atuam em mudanças, ficam responsáveis por contratar caminhão de mudanças, auxiliam no encaixotamento e desencaixotamento das coisas usando técnicas de organização práticas para facilitar a mudança. 
  • Ajudam a família a se desfazer dos pertences de um familiar que morreu. Esta é uma outra categoria do profissional em organização, chamada de personal organizer pós-funeral. Ele acompanha o cliente a esta dolorosa tarefa e o ajuda a definir o que será doado, descartado ou guardado.

O que NÃO faz um Personal Organizer

Antes de contratar um personal organizer você deve estar ciente do que vai receber no serviço e como será este processo. Confira abaixo:

  • Não julgam a sua bagunça. Por isso você não precisa sentir medo ou vergonha de mostrar a eles o seu quartinho da bagunça ou o seu closet de pernas para o ar. Na verdade todo o Personal Organizer que ama organização sentem até um tesão quando veem a sua bagunça. É sério! Porque eles já imaginam o resultado do trabalho, o antes e depois do cômodo ou móvel.
  • Não descartam nada sem a sua autorização. Todo o processo de organização é preciso que você descarte os excessos, objetos inúteis, documentos e notas de compras antigas, roupas que não usa mais e por ai em diante. O organizador profissional pode até te sugerir o que descartar, mas nunca fará isso sem falar com você antes e saber que esta de acordo.
  • Não tem a intensão de te transformar em um personal organizer. Existem cursos específicos para isso se este for o seu objetivo. Mas se você contratou um personal organizer porque é bagunceiro e acha que precisa mudar, este profissional em organização vai simplesmente te ensinam a manter a organização após o termino do serviço, te ensinando padrões fáceis de serem memorizados.
  • Não fazem limpeza. Não é responsabilidade do personal organizer limpar a área a ser trabalhada. Se o espaço estiver muito sujo, o que geralmente ele vai identificar logo na primeira visita, pedirá para que você faça ou contrate alguém para fazer a limpeza daquele espaço.
  • Não são faz-tudo. Não penduram prateleiras, montam e desmontam móveis, pintam paredes e por ai vai. Essas atividades devem ser feitas com os equipamentos certos e profissionais capacitados para isso como montadores de móveis, pintores e outros dependendo da tarefa que necessitar.

Conclusão

Agora que você já sabe o que faz e não faz um Personal Organizer e acha que esta precisando de um, contrate-o e organize-se de vez. A organização vai te trazer inúmeros benefícios como maior praticidade no dia a dia, mais tempo, maior produtividade e muito mais!

Não deixe de compartilhar este post com seus amigos. E até a próxima!

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...